Protesto em Goiânia terá concentração a partir das 9 horas, na Praça Universitária. Participe!

Trabalhadores e trabalhadoras, estudantes e movimentos sociais vão às ruas neste 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, protestar contra o racismo, a crise econômica, a Reforma Administrativa e a PEC dos precatórios. Para as entidades vinculadas ao Fórum Goiano em Defesa dos Direitos, da Democracia e Soberania – das quais faz parte o Sintsep-GO – a luta contra a retirada de direitos, por melhores condições de vida para os brasileiros, segue junto com o combate às opressões.

Em Goiânia, as atividades terão início a partir das 9 horas, na Praça Universitária. Outras cidades goianas terão mobilizações, como Jataí, cuja ação terá início às 10 horas, na Praça Dyomar Menezes. “No protesto que marca o Dia da Consciência Negra, nosso mote é #ForaBolsonaro racista. Motivos é que não faltam para protestarmos contra esse governo e, a prova disso, é a situação caótica que os trabalhadores brasileiros atravessam, em todos os níveis. O aumento do custo de vida, a retirada de direitos, o desmonte do serviço público e o desrespeito ao ser humano ultrapassaram todos os limites e, por isso, estaremos nas ruas mais uma vez”, afirma o presidente do Sintsep-GO, Ademar Rodrigues.

As mobilizações contra a Reforma Administrativa (PEC 32) se mantêm por todo Brasil e se intensificam. A Reforma é um ataque direto aos serviços públicos, e vai atingir sobretudo os mais pobres.

Outro ataque que tramita no Congresso é a PEC dos Precatórios. Se aprovada, a Proposta dará um verdadeiro calote nos aposentados, aposentadas e pensionistas. O dinheiro dos trabalhadores e trabalhadoras deve rechear ainda mais as emendas secretas, para comprar votos dos deputados.

Vamos derrotar os ataques dos governos nas ruas e nas lutas! Não à Reforma Administrativa e a PEC dos Precatórios! Fora Bolsonaro, Mourão, Guedes e todos que exploram e oprimem nossa classe!