.

Presidente da entidade, Ademar Rodrigues, representou o sindicato na audi�ncia desta quinta-feira (13), que discutiu o projeto do governo de Goi�s de Reforma Administrativa

O Sintsep-GO participou nesta quinta-feira, 13 de janeiro, de Audi�ncia P�blica na Assembleia Legislativa, que debateu o projeto enviado pelo governo do Estado de Goi�s ao Legislativo, conhecido como “Reforma Administrativa”.

A possibilidade de privatiza��o de �rg�os e empresas p�blicas como a Ind�stria Qu�mica de Goi�s (Iquego), da Central de Abastecimento (Ceasa) e da Celg Telecom foi o principal foco dos discursos de representantes de entidades e de deputados na audi�ncia.

No entanto, segundo afirmou o interlocutor do Governo na ocasi�o – o secret�rio de Gest�o e Planejamento, Giuseppe Vecci – nenhum �rg�o estatal ser� privatizado. Embora tenha afirmado que todas as estatais goianas est�o “quebradas”, com exce��o da Ag�ncia de Fomento, Vecci apontou que o governo buscar� outras sa�das.

Celg Telecom
O secret�rio explicou que o governo tem interesse em fortalecer a Celg Telecom, mas, por recomenda��o da Eletrobras e da Anatel, afastar� a companhia da Celg. Segundo Vecci, a inten��o � transform�-la em Goi�s Telecom ou criar outra estrutura.

Ceasa
Quanto � Ceasa, o secret�rio afirmou que a tend�ncia � que seja criada uma organiza��o social (OS) para gerir a central. A ideia partiu, segundo ele, de funcion�rios e produtores que atendem a estatal. O interlocutor do governo disse que foi criado um grupo de trabalho com a miss�o de apresentar uma proposta em 30 dias.

Iquego
J� no caso da Iquego – que tem R$ 67 milh�es de d�vidas, de acordo com o presidente da empresa, Olier Alves, tamb�m presente na audi�ncia -, deve ser buscada uma parceria para a gest�o da empresa.

Em rela��o � Iquego, o presidente do Sintsep-GO cobrou uma auditoria “para descobrir quem roubou a Iquego”. Segundo Ademar, � obriga��o do governo sanear as contas e mant�-la como estatal.

Fonte: Sintsep-GO com Jornal O Popular