.

Uma decisão judicial da 4ª Vara Federal do DF determinou a manutenção de pais, mães, padrastos, madrastas e adotantes de servidores no rol de beneficiários do plano de saúde da GEAP. A decisão atinge todas as categorias que integram a Ação Ordinária 2007.34.00.025350-5, movida pela Condsef.

O Ministério do Planejamento, por meio da SRH, encaminhou, no último dia 15 de maio, ofício aos dirigentes de RH dos órgãos comunicando a decisão e determinando seu cumprimento. Caso algum(a) servidor(a) de Goiás encontre problemas em seu órgão quanto ao cumprimento desta decisão, favor procurar a Assessoria Jurídica do Sintsep-GO.