.

Fórum que unifica federais também quer organizar uma reunião ampliada dos servidores já em fevereiro

O Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) promoveu o último encontro do ano na terça-feira, 20 de dezembro. Além de fazer um balanço desse ano de conjuntura difícil para toda a classe trabalhadora, os servidores já confirmaram a primeira reunião de 2017 para o dia 18 de janeiro. A retomada do Fonasefe acontecerá na sede da Fenajufe, em Brasília, e vai ter como pauta central a definição das reivindicações que vão ser prioritárias para os servidores ao longo do próximo ano.

Ainda que o Congresso Nacional tenha conseguido, mesmo contra a vontade da maioria da população brasileira, aprovar a PEC 55, a PEC da Morte, que congela investimentos públicos por vinte anos, é certo que o combate ao sucatemento do setor público segue permanente. O Fórum também quer promover na primeira semana de fevereiro uma reunião ampliada dos servidores.

Todas as entidades que compõem o Fórum também destacaram o repúdio à criminalização dos movimentos sociais e ao tratamento truculento dado pela polícia nos atos em defesa da classe trabalhadora e contra a retirada de direitos adquiridos. Para a Condsef, é inadmissível aceitar que protestos legítimos em uma sociedade democrática sejam reprimidos de forma violenta. O direito à manifestação e a não criminalização dos movimentos sociais também estarão entre as bandeiras de luta dos trabalhadores.

Com informações da Condsef