Noticias

Servidores vão a Lupi por revisão de “antirreforma” e revogação do Decreto 10.620/21

O ministro ainda confirmou sua presença na instalação da Mesa Nacional de Negociação Permanente com servidores, que acontece no próximo dia 7 de fevereiro Representantes do Fonasefe (Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais) se reuniram na tarde de 31/1, com o ministro da Previdência, Carlos Lupi. O secretário-geral da Condsef/Fenadsef, Sérgio Ronaldo da…

LEIA MAIS
Noticias

Sintfesp-GO/TO lança nota contra a extinção e pela reestruturação da Funasa

A diretoria colegiada do Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde e Previdência – Sintfesp-Go/To se irmana à Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal – Condsef, ao seu sindicato de base em Goiás, Sintsep-GO, ao Fórum Goiano em Defesa dos Direitos, da Democracia e da Soberania, ao Sindsaúde-GO, ao Conselho Estadual de Saúde e ao…

LEIA MAIS
Noticias

Servidores fazem dia de mobilização por reajuste emergencial nesta terça, 31/1, em Brasília

Haverá transmissão online da atividade pelos canais do Fonasefe com retransmissão pela Condsef/Fenadsef. Pela manhã, das 9h às 11h, haverá tuitaço com a hashtag #RecomposiçãoJá. Acompanhe! O Fonasefe e o Fonacate, fóruns que reúnem o conjunto de servidores públicos federais, realizam uma atividade nesta terça-feira, 31/1, em Brasília, em defesa de reajuste emergencial para o…

LEIA MAIS
Noticias

Instalação da mesa de negociação com servidores é confirmada para 7 de fevereiro

Categoria tem como prioridade negociar reajuste emergencial linear para ativos, aposentados e pensionistas que estão com salários congelados há sete anos. Necessidade de reajuste em benefícios também é tratada como pauta prioritária O dia 7 de fevereiro, terça-feira, foi confirmado como data oficial para instalação da mesa de negociação permanente com servidores do Executivo Federal.…

LEIA MAIS
Noticias

Fundação de previdência de servidores federais perde R$ 11,57 mi com Americanas

A Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Executivo (Funpresp-Exe) teve prejuízo com a fraude contábil na Lojas Americanas que anunciou um rombo de R$ 43 bilhões, provocado por, disse comunicado da empresa a investidores, ‘inconsistências’ nos balanços. As dívidas não foram lançadas nos resultados financeiros da Americanas, ou seja, estavam “escondidas”. O prejuízo resulta de operações com debêntures da empresa de varejo. Não foram computados ainda os investimentos da fundação na bolsa de valores.

LEIA MAIS