Sua mais nova opção de lazer está no Sintsep-GO. Filie-se e confira!



.

Apartamentos adquiridos pelo Sintsep-GO no Nobille Inn Thermas Place, em Caldas Novas, estarão liberados a partir de 3 de setembro. Dos seis apartamentos adquiridos e parcialmente reformados pela entidade, cinco já estarão disponíveis para reserva

O que era um sonho do/a filiado/a do Sintsep-GO tornou-se realidade e começará a funcionar já a partir do dia 3 de setembro. Autorizado por sua base em plenária sindical, a entidade adquiriu seis apartamentos mobiliados no Nobille Inn Thermas Place, de Caldas Novas, colocando-os a disposição de seus filiados para hospedagem e lazer, na cidade das águas termais. CLIQUE E CONFIRA AS FOTOS DO CLUBE.

Dos seis apartamentos, cinco já estarão liberados para reserva e uso. Cada um deles possui pelo menos uma cama de casal e uma de solteiro, além de colchões avulsos que podem ser utilizados pelos filiados – observando-se a lotação máxima de cinco pessoas por quarto.

Os apartamentos contam ainda com forno micro-ondas, frigobar (ou geladeira pequena), ar condicionado e televisão. “Embora haja forno micro-ondas, o apartamento não possui cozinha, não sendo permitido cozinhar”, explica o presidente do Sintsep-GO, Ademar Rodrigues.

É importante destacar que fica a cargo do hóspede levar toda a roupa de cama (lençóis, cobertas, travesseiros, toalhas, etc.) e todo o material de higiene pessoal. O apartamento é pego limpo e faxinado, e deverá ser entregue nas mesmas condições (limpo e faxinado). “O filiado deve ler com atenção o regimento interno do Sintsep-GO e o regimento interno do Nobille Inn Thermas Place, para saber quais são seu direitos e deveres. Está tudo escrito lá, sendo que os casos omissos – se houverem – serão dirimidos pela direção do sindicato”, pontua Ademar.

Patrimônio do filiado
As unidades de lazer foram adquiridas com recursos próprios da entidade, alocados devido à boa gestão do sindicato, que tem privilegiado a luta sindical e a correta gestão administrativa do patrimônio dos filiados. “Não é à toa que, quando assumimos a entidade, saímos de uma sede própria e dois veículos antigos para uma sede própria totalmente reformada, uma Casa de Apoio e Centro de Formação totalmente estruturados (situada em região nobre da capital e ao lado da sede administrativa), dois veículos praticamente zero km, uma van para movimentações da base em atos e atividades em todo o Estado e, agora, seis apartamentos em um clube termal de Caldas Novas com área de lazer completa”, enumera Ademar.

PROCEDIMENTO PARA RESERVAS
O procedimento para a realização das reservas é bastante simplificado. Confira o passo a passo elaborado pelo Sintsep-GO:

1) Ligar para o Sintsep-GO, procurar o Edílson (pela manhã) ou o Herbium (à tarde) para consultar se há vaga na data pretendida e/ou em qual data haverá vagas para hospedagem. Confira os telefones diretos: (62) 3086-5420 (Edílson) e (62) 3086-5412 (Herbium).

2) O titular da reserva deverá fornecer o nome completo e o CPF de todos os ocupantes do quarto, tendo em vista a lotação máxima de cinco pessoas;

3) Confirmada a data desejada, deverá ser pago o valor da reserva (R$ 50,00) por cada diária de hospedagem (máximo de três diárias), independente da quantidade de hóspedes no apartamento (máximo 5 pessoas). Exemplo: se o filiado ficar durante o prazo máximo no apartamento (três diárias), deverá pagar R$ 150,00.

4) O valor total da hospedagem deverá ser depositado ou transferido para o Sintsep-GO, COM PELO MENOS 10 DIAS DE ANTECEDÊNCIA, na conta corrente criada somente para este fim, no Banco do Brasil: Agência: 1242-4 // Conta corrente: 99279-8.

5) O depósito deverá ser IDENTIFICADO, ou seja, deverá conter a identificação do DEPOSITANTE (CPF).

6) Em caso de transferência eletrônica ou de depósito bancário, o filiado deverá enviar o comprovante de transferência/depósito para o whatsapp do Sintsep-GO, a título de conferência. O número do whatsapp do Sintsep-GO é: (62) 3213-2000.

7) Em caso de dúvidas, consulte o Sintsep-GO e fique atento às regras presentes no Regimento Interno para utilização das unidades autônomas adquiridas no Suítes Nobille Inn Thermas Place – Caldas Novas.

8) O Nobille Inn Thermas Place fica situado à Rua Coronel Ilídio Lopes de Morais, 270 – J. Jeriquara, Caldas Novas/GO, CEP: 75690-000. Confira no mapa a localização:

REGIMENTO INTERNO
UTILIZAÇÃO DAS UNIDADES AUTÔNOMAS ADQUIRIDAS NO SUÍTES NOBILLE INN THERMAS PLACE – CALDAS NOVAS

O SINDICATO DOS TRABALHADORES NO SERVIÇO PUBLICO FEDERAL NO ESTADO DE GOIÁS, entidade de caráter democrático, sem fins econômicos, religioso, político-partidário e racial, representativa dos trabalhadores no serviço público federal da administração direta e indireta, das autarquias, fundações e empresas públicas, em particular dos trabalhadores amparados pela lei 8.112/90 e os trabalhadores enquadrados no regime celetista – CLT, cria, nos termos da ALÍNEA R DO ARTIGO 3º de seu estatuto o regimento para utilização das unidades autônomas adquiridas no suítes Nobille Inn Thermas Place em Caldas Novas.

O intuito desse regulamento é possibilitar a utilização harmônica e organizada de todas as unidades por parte dos filiados e seus dependentes. Busca, ainda, a manutenção e conservação do patrimônio de todos filiados.

Portanto, tendo em vista o caráter democrático, coletivo, contributivo e solidário que permeiam os atos do SINTSEP/GO, a utilização das unidades deverá obedecer às normas a seguir expostas.

Artigo 1º – Todos os filiados bem como seus dependentes deverão obedecer às normas estabelecidas no regimento interno do Condomínio Nobille Inn Thermas Place bem como as regras de convivência pacifica e harmônica estabelecidas na legislação de regência;

Artigo 2º – Para a utilização harmônica e organizada das unidades adquiridas pelo Sintsep/GO, junto ao Thermas Place por todos os filiados, bem como seus dependentes, todos deverão observar aos seguintes critérios:

A) Reserva, confirmação e pagamento de sua inscrição com antecedência MÍNIMA de 10 (dez) dias;

B) Que obedeçam ao quantitativo de máximo de 5 (cinco) pessoas por unidade;

C) Que obedeçam à determinação de que parentes, amigos e convidados só poderão utilizar a hospedagem e as demais dependências do condomínio caso estejam acompanhados do/a titular;

D) Utilizar as pulseiras de identificação do Sintsep/GO quando nas dependências do Thermas Place;

E) Cada filiado, com seus respectivos convidados, só poderá usufruir de três diárias a cada vez que conseguir a reserva. É possível estender o período, desde que hajam vagas. A preferência, porém, será para quem ainda não usufruiu e estiver na lista de espera;

F) O filiado e seus convidados deverão levar todo o seu material de higiene pessoal e sua roupa de cama (lençóis, toalhas, cobertores e travesseiros);

G) Para sua melhor comodidade e facilidade na hora da hospedagem, o filiado deverá apresentar sua carteira de filiação na recepção do condomínio. Quem ainda não tiver carteira deve entrar em contato com o Sintsep/GO;

H) Os filiados que residirem ou estiverem em Caldas Novas poderão utilizar as dependências de lazer do Thermas Place, bastando apenas apresentar sua carteira de filiado;

I) Café da manhã, refeições ou quaisquer outros gastos realizados pelo filiado correrão às suas expensas;

J) As reservas serão realizadas no período das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas, pelos telefones 3086-5420 ou 3086-5412, de segunda a sexta-feira, com os funcionários Herbium ou Edilson;

K) As diárias iniciam-se às 14 horas do primeiro dia e encerram-se às 12 horas do dia da saída;

L) O custo unitário de cada diária é de R$ 50,00 (independente da quantidade de pessoas hospedadas no apartamento, observando-se o limite máximo de 5 pessoas por unidade). Esta taxa se destina exclusivamente à manutenção, conservação e custeio das despesas ordinárias e extraordinárias das unidades autônomas. As despesas ordinárias compreendem as taxas condominiais, imposto etc. Já as extraordinários estão relacionadas à manutenção, conservação e reforma das unidades, patrimônio de todos filiados.

M) Os valores deverão ser depositados na conta corrente exclusiva para este fim, em nome do Sintsep/GO: Banco do Brasil // Agência: 1242-4 // Conta corrente: 99279-8.

N) O valor da taxa poderá ser reajustado somente em Plenária Sindical de Base.

O) O filiado e seus dependentes serão responsáveis por quaisquer danos que por ventura venham a causar nas áreas privativas (apartamentos) e comuns do hotel.

VEJA MAIS

a sociedade precisa saber

.

Entenda a atitude do governo Michel Temer em deixar ao Congresso Nacional a decisão de adiar os reajustes de cerca de 253 mil servidores. A concessão desses reajustes já é Lei desde 2017 e está apenas sendo cumprida. Portanto, não há reajuste novo para os servidores do Executivo. Fato novo está no aumento de 16% concedido ao STF.

Já aos mais de 1,1 milhão de servidores civis do Executivo, com salários congelados, o recado é para que continuem mobilizados, lutando e persistindo para que a Lei Orçamentária Anual (LOA) contemple investimentos necessários e urgentes no setor público, incluindo reposições de salários corroídos ao longo dos últimos anos. Dieese aponta que para repor o poder de compra salarial desses servidores seria necessário aplicar percentual de 25,63%.

Os servidores federais cobram ainda a extensão do índice da Lei 13.464/17 que garante o reajuste em 2019 aos cerca de 253 mil servidores. Além disso, querem o cumprimento de todos os acordos assinados em 2015 e para a saúde complementar o mínimo de 50% per capita, para manutenção do plano de saúde dos servidores.

Sintsep-GO com Condsef

VEJA MAIS

direcao do sintsep go realiza giro pelo interior a partir desta terca dia 28



.

Objetivo das viagens é levar informes aos filiados de toda a base do sindicato, bem como promover o diálogo referente às questões de interesse dos sindicalizados, como a aquisição dos seis apartamentos de lazer no Nobille Inn Termas Place de Caldas Novas (GO)

A partir desta terça-feira, 28 de agosto, a direção do Sintsep-GO coloca “o pé na estrada” e visita companheiros de toda a base levando notícias e informes sindicais e jurídicos aos companheiros filiados à entidade.

“Desta vez, além das negociações com o governo e as questões pertinentes à vida funcional do servidor, estamos explicando em detalhes a aquisição dos seis apartamentos de lazer no Nobille Inn Termas Place, de Caldas Novas (GO), para que nossos filiados tenham agora essa opção de lazer, a custo bastante acessível”, explica o presidente Ademar Rodrigues.

A primeira rota, que começou hoje, engloba os municípios de Santa Helena (14h), Quirinópolis (29/08, às 8h), São Simão (29/08, às 13h30), Jataí (30/08 às 8h), Mineiros (30/08, às 13h30) e Rio Verde (31/08, às 8h).

A segunda rota terá início na segunda-feira, 3 de setembro, e inclui as cidades de Silvânia (3/09, às 10h), Luziânia (3/09, às 14h), Formosa (4/09, às 8h), Simolândia (4/09, às 14h), Posse (5/09, às 8h), São Domingos (5/09, às 13h)e Campos Belos (6/09, às 8h).

Já a terceira rota começa no dia 17 de setembro e incluirá os municípios de Jaraguá (17/09, às 9h30), Goianésia (17/09, às 13h30), Niquelândia (18/09, às 8h), Uruaçu (18/09, às 13h30), Porangatu (19/09, às 8h), Mara Rosa (19/09, às 13h30), Nova Glória (20/09, às 8h), Rubiataba (20/09, às 13h30) e Ceres (21/09, às 8h).

Mais adiante falaremos sobre a quarta e a quinta rotas. Fique ligado!

Obs.: os municípios que não possuem horário serão confirmados pela direção junto aos contatos em cada cidade.

VEJA MAIS

sintsep go prestigia xii congresso do sindsep mt

.

Acontece no estado do Mato Grosso o XII Congresso do Sindsep-MT. O presidente do Sintsep-GO, Ademar Rodrigues de Souza, e o secretário-geral da Condsef/Fenadsef, Sérgio Ronaldo da Silva, participam da atividade que reúne cerca de 150 delegados de base representando a maioria dos servidores federais do estado.

Além de representantes da categoria, o congresso reúne especialistas e profissionais, incluindo o Dieese, para debater a atual conjuntura política e econômica do país, o que pensa e como deve atuar o servidor público nesse contexto.

O XII Congresso do Sindsep-MT termina neste sábado, 25 de agosto, com a realização de uma Assembleia Geral Extraordinária com início previsto para 8 horas.

Com informações do Sindsep-MT

VEJA MAIS

sintsep go participa de seminario o servico publico que queremos



.

Entre os dias 30 de agosto e 1º de setembro, os fóruns que reúnem o conjunto dos servidores (Fonasefe e Fonacate) promovem o Seminário ´´O Serviço Público que Queremos´´. O evento, que vai debater os impactos das mudanças no Estado brasileiro e suas consequências para a sociedade, contará com o apoio e a participação de centrais sindicais e entidades de servidores estaduais e municipais. Representantes do Sintsep-GO participarão da atividade.

A atividade, que será realizada em Brasília, vai reunir representantes dos servidores públicos de todas as esferas dos âmbitos Federal, Estadual e Municipal. Além do foco na revogação da Emenda Constitucional (EC) 95/16, nas reformas Trabalhista e da Previdência, debatedores e especialistas convidados abordarão temas tanto de conjuntura política, econômica, além da busca por unidade no setor capaz de dialogar com a sociedade sobre a importância do investimento público para garantir acesso a serviços de qualidade a que todos tem direito.

Com informações da Condsef

VEJA MAIS

brasilia classe trabalhadora na luta pela candidatura de lula



.

Agora é oficial: a candidatura de Lula à Presidência da República foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no último dia 15. Acompanhados por milhares de militantes que ocuparam a capital federal neste dia histórico, o candidato à vice-presidente na chapa de Lula, o ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, a presidenta do PT Gleisi Hoffmann, e a deputada do PC do B Manuela D’Ávila formalizaram a vontade da maioria do povo brasileiro. Confira aqui fotos da participação do Sintsep-GO na Marcha Lula Livre.

Após formalizar o registro, eles se juntaram aos 50 mil manifestantes que participaram da Marcha Lula Livre e se reuniram em frente ao TSE para um grande ato popular de apoio a candidatura do ex-presidente.

Haddad disse para a militância que Lula é o único candidato capaz de tirar esse país da crise “e nós não pretendemos arredar o pé das ruas até conduzir Lula ao Palácio do Planalto. E é isso que nós vamos fazer.”

Se dirigindo à multidão que acompanhava o ato, Haddad leu a carta de Lula ao povo brasileiro:

-A partir de amanhã, vamos nos espalhar pelo Brasil para – nas ruas, no trabalho, nas redes sociais, mas principalmente olhando nos olhos das pessoas – lembrar que esse país um dia já foi feliz e que os mais pobres estavam contemplados no orçamento da União como investimento, e não como despesa, conclama Lula na carta.

-Vamos dialogar com aqueles que viram que o Brasil saiu do rumo, estão sem esperança, mas sabem que o país precisa resolver o seu destino nas urnas, não em golpes ou no tapetão. Lembrar que com democracia, com nosso trabalho, o Brasil vai voltar a ser feliz, continua o ex-presidente.

-Enquanto eu estiver preso, cada um de vocês será a minha perna e a minha voz. Vamos retomar a esperança, a soberania e a alegria desse nosso grande país, diz Lula em um trecho da carta.

Para a presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, o dia do registro da candidatura de Lula é um dia histórico na caminhada política do povo brasileiro porque, pela primeira vez na história, o registro da candidatura a presidente da República foi feito nos braços do povo.

-Lula está registrado e é candidato à presidente do Brasil. Muitos disseram que a candidatura de Lula não seria registrada, mas nós registramos e vamos com ele até no final, no dia 7 de outubro.

Segundo Gleisi, a chegada até esse dia foi a despeito de muitos que não acreditavam, a despeito do golpe de 2016, que começou com o impeachment da Dilma, a retirada dos direitos dos trabalhadores, com a recessão na economia, com a crise política e o ataque a democracia.

-Chegamos aqui pela resistência, pela persistência, mas, sobretudo, porque nós acreditamos no Brasil, acreditamos no povo brasileiro. Nosso povo está sofrido, desempregado e passando por grandes necessidades e vê em Lula a esperança, a confiança nos dias melhores.”

Otimista com a força e determinação que o povo demonstrou nas ruas de Brasília, o presidente da CUT, Vagner Freitas, disse que o dia 15 de agosto é o dia da virada.

-Nós vamos fazer as eleições das nossas vidas. Nós, da militância, vamos eleger Lula para revogar a reforma trabalhista, defender a Petrobras, defender as empresas públicas, defender a nossa água e nossas terras.

Segundo ele, é preciso mudar o Judiciário, controlar os meios de comunicação para que o Congresso Nacional seja das trabalhadoras e dos trabalhadores brasileiros.

Vagner disse ainda que o registro da candidatura de Lula “é o registro da ousadia do povo brasileiro”.

Hoje foi vitória da democracia.

Sintsep-GO com informações da CUT

VEJA MAIS

temer veta trechos da ldo que permitiriam investimentos no setor publico em 2019

.

Entre os vetos está trecho que permitia concursos públicos fora de um limite específico do teto de gastos. Em depoimento o deputado Eni Verri afirmou que a EC 95/16 terá que ser revista. Para ele não há como sobreviver até 2019 com o que chamou de vetos injustos e desonestos. Verri acrescentou que será impossível montar o orçamento de 2020 com a Emenda Constitucional 95.

O relator da LDO também criticou os vetos do governo em áreas sociais. Saúde, educação e outros setores essenciais serão afetados. Os vetos ainda terão que passar por análise do Congresso. A Condsef/Fenadsef seguirá trabalhando para que sejam derrubados garantido recursos para que o setor público cumpra seu papel de atendimento à população. Saiba mais clicando aqui.

Com informações da Condsef

VEJA MAIS

movimentos sociais e sindicais exigem lula livre nesta quarta 15 de agosto



.

Dirigentes do Sintsep-GO e delegados de base se dirigem à Brasília nesta quarta-feira, 15 de agosto, para se juntarem à Marcha Nacional Lula Livre, ato político que visa garantir o registro da candidatura do ex-presidente Lula

Dirigentes do Sintsep-GO e delegados de base se dirigem à Brasília nesta quarta-feira, 15 de agosto, para se juntarem à Marcha Nacional Lula Livre. Após quatro dias de caminhada e cerca de 50 quilômetros percorridos, integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e Via Campesina, se encontraram, na manhã de hoje (14), na região central de Brasília, um dia antes de grande ato político que irá registrar a candidatura do ex-presidente Lula. Na capital federal, também acompanharam a marcha o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e o Levante Popular da Juventude.

Em marcha desde o dia 10, quando chegaram de 23 estados e do Distrito Federal, os militantes se dividiram em três colunas – Prestes, Ligas Campesinas e Teresa de Benguela – para, em fileira, protestar pela liberdade de Lula, soberania popular e terra, trabalho e moradia.

Outro grupo formado por sete militantes da Via Campesina, do Levante Popular da Juventude e da Central dos Movimentos Populares (CMP) estão em greve de fome cobrando justiça para Lula aos ministros do Supremo Tribunal Federa (STF) desde o último dia 31 de agosto. Vilmar Pacífico, Jaime Amorim, Zonália Santos, Frei Sérgio Görgen, Rafaela Alves, Luiz Gonzaga (Gegê) completam hoje 16 dias sem se alimentar e Leonardo Soares completa o 9º dia consumindo apenas soro e água.

A luta de todos os militantes é para que o STF acelere a votação das Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADC’s) 43 e 44, que tratam da prisão após condenação em segunda instância, como é o caso de Lula, para que o ex-presidente responda em liberdade o processo do caso do tríplex do Guarujá e participe do processo eleitoral.

Lula foi condenado pelo juiz Sérgio Moro, do Paraná, por supostamente ganhar de uma construtora uma “reforma” em um apartamento que não lhe pertence e é mantido preso político desde 7 de abril, na sede da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

Tanto a Marcha Nacional Lula Livre quanto a greve de fome são formas do povo demonstrar sua força e organização, avaliou Antônia Ivoneide, da direção nacional do MST.

“Esse projeto enxerga em Lula a possibilidade real de reverter as maldades que o Golpe de 2016 trouxe para o povo pobre como a fome, o desemprego, ataques à saúde e educação, aumento da violência e entrega das riquezas nacionais”, continuou a dirigente.

Greve de Fome
Na manhã desta terça (14), junto com diversas representações do Sagrado cujos celebrantes estão comprometidos com a defesa da democracia e o combate à fome, realizaram um Ato Inter-Religioso em frente à Suprema Corte. Estiveram presentes o argentino Nobel da Paz, Adolfo Pérez Esquivel, que ontem à tarde visitou os militantes em greve, e João Pedro Stédile, dirigente do MST e Via Campesina

A Greve de Fome por Justiça no STF também é organizada pelos movimentos populares que integram a Frente Brasil Popular e faz parte da Jornada Nacional de Lutas pela Democracia, contra a volta do Brasil ao Mapa da Fome da ONU, o abandono dos mais pobres – sobretudo as pessoas em situação de rua, das periferias, os negros, indígenas, camponeses, sem-terra, assentados, quilombolas e desempregados.

Juntas, elas somam 44,8 milhões hectares, o que equivale a 12,8% do total da área rural produtiva do país. Por outro lado, 2,4 mil fazendas com mais de 10 mil hectares que correspondem a apenas 0,04% das propriedades rurais do país, ocupam 51,8 milhões de hectares, ou 14,8% da área produtiva do campo brasileiro.

Com informações da CUT

VEJA MAIS

filiados ao sintsep go do ministerio da saude e funasa fiquem atentos

.

Servidor aposentado/pensionista que ainda não assinou termo de opção para incorporação da gratificação de desempenho à aposentadoria e pensão tem até a primeira semana de outubro para fazê-lo. Clique, logo abaixo, e tenha acesso ao documento que deve ser entregue no órgão do servidor

Servidores aposentados do Ministério da Saúde – e pensionistas – que têm direito à aplicação da Lei 13.324/16 (incorporação das gratificações de desempenho para efeito de aposentadoria) que ainda NÃO ASSINARAM o Termo de Opção para incorporação das gratificações de desempenho às aposentadorias e pensões têm até no máximo a primeira semana de outubro para – se for o caso – fazê-lo. O alerta é da Coordenação-Geral de Pessoas do Ministério da Saúde.

Em Goiás, os servidores que estão nessa situação, e decidirem por assinar o Termo de Opção, devem entrar em contato com o setor de inativos do núcleo estadual do Ministério da Saúde – NEMS, por meio do telefone 62 35261020 ou pelo e-mail maria.anita@saude.gov.br ou ir pessoalmente em horário comercial a este setor que fica no 9º andar do NEMS, na rua 82, Setor Sul, em Goiânia. No caso da Funasa, o número de contato do Recursos Humanos é o (62) 3226-3038.

Com o objetivo de facilitar o acesso ao Termo de Opção, sobretudo aos servidores públicos aposentados/pensionistas que residem no interior, o Sintsep-GO disponibiliza o documento para ser baixado pelo servidor, impresso, e entregue em seu respectivo órgão – seja Funasa, seja Ministério da Saúde. Clique aqui para baixar o documento.

“Lembrando que essa opção é somente para os aposentados. Os ativos, que ainda vão se aposentar, terão o direito quando forem se aposentar para integralizar a GDPST, de acordo com a média dos últimos cinco anos da sua avaliação de desempenho, ou a Gacen, em 100%, caso o servidor a tenha recebido pelo menos 60 meses antes de sua aposentadoria”, explica o secretário-geral do Sinstep-GO, Gilberto Jorge.

De acordo com a Coordenação-Geral de Pessoas, o Ministério tem ligado para os aposentados/pensionistas que se encontram nessa situação para que possam assinar o termo de compromisso. Os efeitos da lei 13.324/16 abrangem aqueles servidores que se aposentaram pelas regras do Art. 3º da EC 47/05, do Art. 6º da EC 41/03 ou que se aposentaram por invalidez proporcional com o benefício da EC 70/12.

Com informações do MS

VEJA MAIS